ARTIGOS PUBLICADOS POR

 
 
 
 
Bilateral ischiofemoral impingement: Case report and endoscopic surgical technique through postero-lateral approach
(pendente de publicaçao Revista Hip International)
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Enchondromas are benign hyaline cartilage tumours that radiographically present with irregular intra lesional calcification [1]. Plain radiographs are usually sufficient for the diagnosis, but CT and magnetic resonance imaging (MRI) scans are useful for better assessment of the lesion, in particular for the exclusion of chondrosarcoma [1, 2]. Treatment consists of observation with periodic examin- ations to assess the evolution of the lesion [1, 2]. Surgical treatment is indicated when there is evolution of the lesion or when it becomes symptomatic. Curettage with or with- out bone grafting is usually curative [2]. Hip arthroscopy [3] allows getting good visualization of the central and peripheral compartment of the hip, thereby decreasing the morbidity resulting from open surgery  

Leer Mais

 
 

 

 

 

 

 

TECNICA OUT-IN. UMA FORMA NATURAL DE FAZER ARTROSCOPIA DA ANCA

 

A artroscopia da anca é um procedimento cada vez mais frequente no tratamento de patologia da anca. O seu desenvolvimento, na última década deve-se ao maior conhecimento da patologia da “anca dolorosa” no adulto jovem, sobretudo do síndrome do conflito femoro-acetabular. Como noutras articulações pode ser efetuada com objectivo diagnóstico e/ou terapêutico. Tem indicação em múltiplas situações clínicas, sendo na atualidade a mais frequente o tratamento do conflito femoro-acetabular (CFA).

Apresentamos a técnica artroscopica out-in que, com a realização de uma capsulotomia anterior, permite a reprodução dos passos da artrotomia mini-open por via anterior, facilitando o procedimento artroscópico, minimizando o tempo e intensidade da tração e permitindo o tratamento da patologia articular da anca

Foram realizadas 30 artroscopias da anca, no período compreendido entre Julho de 2012 e Dezembro de 2012.
Todos os procedimentos foram realizados pelo mesmo cirurgião e pela técnica out-in. Os diagnósticos que originaram a intervenção foram: 1 anca de ressalto (psoas); 1 monoartrite; 1 sequela de epifisiólise, 1 “os acetabuli”, 1 encondroma do colo do fémur e 25 conflitos femoro- acetabulares.

Apresenta-se a experiência e a descrição pormenorizada da técnica artroscópica out-in.
A realização da artroscopia da anca é um procedimento complexo, com uma longa curva de aprendizagem. A técnica out-in permite a reprodução artroscópica dos passos da técnica anterior (mini-open), conduz, na nossa opinião, a uma diminuição da curva de aprendizagem, para cirurgiões com experiência prévia na técnica aberta e em artroscopia. 

Leer Mais

 
 
 
 
 
 
 
 

TRATAMENTO MEDICO E CIRURGICO DO CONFLITO FEMOROACETABULAR

A dor na anca no desportista é uma queixa comum. O conflito femoroacetabular (CFA) é uma causa frequente, devendo ser considerada na avaliação clinica. As alterações morfo- lógicas são comuns e estão associadas com frequência a uma cascata de acontecimentos traumáticos e degenerativos no labrum e na cartilagem. O diagnóstico e o tratamento precoces são essenciais para a resolução do problema. No CFA sintomático, com falência do tratamento conservador, está indicado o tratamento cirúrgico. O tratamento pode ser efetuado por técnicas cirúrgicas abertas ou por artroscopia. O tratamento artroscópico tem ganho popularidade e é cada vez mais o gold standart no tratamento destas patologias. 

Leer Mais

 
 
 
 
 
 
 

DIAMETRO CEFÁLICO: QUANTO MAIOR MELHOR?

REGISTRO NACIONAL DE ARTROPLASTIAS

 
 
 
 
 
 
 
 

JORNAL O JOGO

 

 

 

 

Síndrome do conflito femoroacetabular no desportista

Dor na anca: será CFA?

No praticante de desporto, a dor na anca é uma queixa comum e a síndrome do confli- to femoroacetabular (CFA), patologia reco- nhecida na última década, é uma causa fre- quente.

Esta lesão é causada por uma deformidade na qual as alterações ósseas combinadas com cargas e movimentos, conduzem à existência de trauma agudo ou de repeti- ção. Por esta razão, é a patologia mais fre- quente em desportistas. De notar que os atletas afetados são frequentemente dia- gnosticados e tratados como portadores de pubalgia.

A dor da anca em atletas com CFA deve ser encarada como um sinal preocupante de dano progressivo na articulação. 

Leer Mais

 

PRÓTESE TOTAL DA ANCA. DA PRIMÁRIA A REVISÃO

 

PRÓTESE TOTAL DA ANCA DA PRIMARIA À REVISÃO

Na atualidade ter implantada uma prótese articular, não significa o fim da sua vida, pelo contrário, significa ter a oportunidade de uma nova e melhor vida.

Hoje este tratamento é efetuado em qualquer idade, permitindo aos nossos pacientes reto- mar uma vida normal, mesmo laboral, na grande maioria dos casos

A prótese total da anca (PTA) é o tratamento de escolha em doentes com artrose da anca sintomática e incapacitante, seja primaria ou secundaria a necrose da cabeça do fémur, conflito femuro-acetabular, displasia congénita da anca, reumatismo, doença de Perthes, etc.

Quando um paciente é portador de artrose da anca, os primeiros tratamentos são sempre conservadores.

Leer Mais

 

INOVAÇÕES NO TRATAMENTO DA PATOLOGIA DA ANCA

 

INOVAÇÕES NO TRATAMENTO DA PATOLOGIA DA ANCA

O conflito femoroacetabular é uma patologia da anca que pode atingir até 15% da população e pode ser a causa de até 70% das situações de artrose da anca (que implica a substituição da articulação por uma prótese) antes dos 50 anos de idade. Em determinadas praticas desportivas de contacto (taekwondo, artes marciais, esqui, futebol, atletismo, etc...) pode atingir até o 60%. Nos últimos anos temos assistido a um grande desenvolvimento na investigação e tratamento desta patologia, possibilitando o retorno a ativi- dade laboral e desportiva dos doentes jovens com dor na anca. 

Leer Mais

 

A CIRURGIA ARTROSCOPICA: TRATAMENTOS DO SECULO XXI

 

A CIRURGIA ARTROSCOPICA: TRATAMENTOS DO SECULO XXI

O paradigma “grande incisão grande cirurgião” foi na atualidade substituído por um novo para- digma de “pequena incisão, pequena agressão, grande cirurgião”.

Há uma enorme tendência para a cirurgia mini- mamente invasiva em todas as áreas cirúrgicas, também na Ortopedia.
A procura de abordagens minimamente invasi- vas é uma tendência atual, embora não deve em altura alguma sobrepor-se à eficácia do gesto terapêutico.

A artroscopia é o método minimamente invasivo por excelência. 

Leer mais

 

CONDROMATOSE SINOVIAL DA ANCA

 

 

A condromatose sinovial primária da anca é uma entidade rara que se caracteriza por metaplasia sinovial com formação de corpos livres osteocartilagíneos. Apesar de ser benigna, pode deixar sequelas importantes se não for diagnosticada e tratada atempadamente.

Os autores apresentam um caso clínico de condromatose sinovial primária da anca exuberante, tratada cirurgicamente e fazem uma breve revisão da literatura.  

Leer mais